Tags

, ,

A boca fala do que o coração está cheio. Jesus disse isso a 2000 anos atrás. Os olhos são a lâmpada do corpo, se forem maus, todo o resto será mau.

Normalmente vemos nos outros aquilo que nós somos. Um ladrão nunca confia nos outros pois pensa que todos são como ele. Os homossexuais sempre tentam explicar na bíblia que existiam homens na bíblia que eram homossexuais. E sempre acham que todo homem ou mulher é gay ou é bissexual. O que não é verdade.

Tem uma ilustração onde uma mulher sempre olhava para o jardim da vizinha e via as roupas sujas, acinzentadas, pareciam todas mal lavadas. A mulher contava para seu marido e se gabava de não ser como aquela vizinha que era descuidada e fazia seu trabalho de forma relaxada. Isso aconteceu por vários dias até que um dia ela ficou assustada. As roupas estavam brancas como nunca. Nenhuma sujeira. A mulher de forma irônica fala com seu marido: Até que enfim ela aprendeu a lavar suas roupas. Ao que seu marido responde: Não querida. Esta manhã eu levantei mais cedo e limpei o vidro de nossa janela.

Muitas vezes a sujeira está no vidro de nossa janela e não no que vemos nos outros. Se seus olhos forem maus, tudo que você olhar será mau. Nossos olhos sempre vêem sob a nossa perspectiva que sempre é tendenciosa e parte do nosso pressuposto. Assim, se nosso coração está cheio de algo, jamais conseguiremos entender como a outra pessoa enxerga ou busca.

Lembro-me de ter sido chamado de louco não poucas vezes. Seja porque não bebia, porque não transava ou porque não queria ir para baladas. Para quem queria aquilo, parecia loucura eu considerar aquilo como lixo. Era como uma afronta.

Também fui chamado de louco quando resolvi que não queria uma carreira profissional que me estava sendo proposta. Alguns sonhavam com aquilo e eu simplesmente estava descartando. Mais uma vez uma afronta.

Onde estão seus olhos? Em quê você se parece com Jesus? O que você tem descartado por causa de Jesus? Ou você tem considerado outros como “religiosos” por abrirem mão de coisas por amor ao mestre?

Se não estou disposto a dar nada, acho ruim quando tem alguém que quer dar mais do que eu. Minha tendência é dizer que todo mundo é ruim como eu e me esconder na depravação total do homem. Porém Tiago diz que a fé sem obras é morta. O que você tem feito? Até onde você está disposto a ir por Jesus? Quanto tem te custado ser cristão?

Se sua resposta é apenas ir à igreja de vez em quando e dar esmolas ou dízimo de vez em quando, você ainda não tem idéia do que seja ser cristão. E provavelmente diga que sou um fanático, porém espero que você seja um fanático disposto a morrer por aquele que morreu por você.

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Autor: Daniel Simoncelos

Fonte: http://estudos.gospelmais.com.br/os-olhos-sao-a-lampada-do-corpo.html

Anúncios