Tags

, , ,

Com uma maldição proferida por Eliseu, 42 rapazinhos foram mortos por duas ursas que saíram do bosque, por causa da maldição. Eles estavam zombando de Eliseu, com uma frase chistosa: “Sobe, calvo, sobe, calvo!” (II Reis 2:23). Muitos dizem que Eliseu ficou irritado por ser chamado de “calvo”.

Eliseu Amaldiçoa os Jovens

Analisando bem o fato, olhando-o com olhos perscrutadores, poderemos descobrir o verdadeiro motivo pelo qual o profeta de Deus entendeu, pelo espírito, que havia algo mais sério, de natureza espiritual, naquela zombaria.

Havia pouco, Elias tinha subido ao céu num redemoinho. Eliseu era o sucessor de Elias, a voz de autoridade sobre a terra naquele momento. Enquanto Deus teve um plano especial e glorioso com Elias, de arrebatá-lo sem experimentar a morte humana, física, com Eliseu seu plano foi diferente, pois o profeta morreu de morte natural.

Na zombaria dos rapazinhos, dizendo:

“Sobe, calvo, sobe, calvo!”, estava implícita a sugestão de que Eliseu também deveria subir ao céu. Em outras palavras, aqueles rapazes estavam dizendo:

“Vamos ver, Eliseu, prova que tens o mesmo poder, consagração e autoridade de Elias. Sobe também do modo como ele subiu!”.

Isto, se continuasse, tiraria, diante do povo, a autoridade profética de Eliseu, pois muitos interpretariam da mesma maneira a unção de Eliseu. Sua maldição teve uma razão de ser muito mais profunda do que apenas “vingar-se” de rapazinhos irresponsáveis que o estavam chamando de “careca”.

Extraído do Livro: O Que a Biblia não Diz

Anúncios