Tags

, , , ,

Essa é uma questão que confunde muitas pessoas. É preciso um exame cuidadoso de alguns textos bíblicos para chegarmos a uma conclusão correta. A primeira coisa que salta aos olhos é uma aparente contradição em alguns textos bíblicos. Observe, por exemplo, o que Jacó declara sobre seu encontro com Deus: “Àquele lugar chamou Jacó Peniel, pois disse: Vi a Deus face a face, e a minha vida foi salva.” (Gênesis 32.30). Já em outro texto vemos Deus dizendo a Moisés, quando este queria ver a Sua face: “E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.” (Êxodo 33.20).

Como vimos nos textos acima, aparentemente temos uma contradição, já que Jacó diz que viu a Deus e Deus diz a Moisés que ninguém pode vê-Lo e viver. Como explicar isso?

http://i2.wp.com/www.esbocandoideias.com/wp-content/uploads/2013/04/e-possivel-ver-deus.jpg

Bom, em primeiro lugar a Bíblia deixa claro que Deus não pode ser visto. Não sabemos exatamente todas as respostas e os porquês disso, mas Ele não pode ser visto. Em Êxodo 33.20 Deus diz que homem nenhum verá a sua face e viverá. Já o apóstolo João declara que “Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou.” (João 1.18). Essa é uma realidade no Antigo Testamento e repetida no Novo Testamento.

Mas sabendo disso fica a pergunta: O que alguns personagens da Bíblia viram se Deus não pode ser visto? Por que eles declararam que viram a Deus? Eles teriam se enganado?

A teologia explica essas questões através da palavra “teofania”. A teofania é uma manifestação visível de Deus. Era quando Deus se manifestava através de algo a alguém. Quando alguém via uma teofania normalmente via algo grandioso, fora dos padrões normais. Porém, essa manifestação não era a própria face (“imagem”) de Deus como se Ele estivesse sendo visto face a face. Observe algumas teofanias (manifestações visíveis de Deus) presentes na Bíblia:

(1) Deus manifestando-se através de uma nuvem, relâmpagos e trovões, barulho de trombeta, trazendo uma mensagem direta ao povo (Êx 19.9-25);

(2) Deus manifestando-se em sonhos (Gn 28.12-17);

(3) Deus manifestando-se em uma visão (Is 6.1-13);

(4) Deus manifestando-se por um anjo (Êx 3.2—4.17). Etc.

Os textos acima deixam claro que os personagens bíblicos viram manifestações visíveis e muito fortes de Deus e não a própria face Dele. Era muito comum eles acharem que tinham visto Deus devido a grandeza das manifestações. Observe o que Moisés e o povo disseram quando viram as manifestações nos relâmpagos e trovões, quando Deus lhes falou os dez mandamentos: “Face a face falou o SENHOR conosco, no monte, do meio do fogo…” (Deuteronômio 5.4). Observe que eles viram uma manifestação de Deus no meio do fogo, mas disseram que Deus lhes falou face a face. Não se trata de um engano ou de um erro. O próprio Deus realmente estava ali naquelas manifestações, porém, não a sua “imagem”, que, segundo os textos bíblicos, não pode ser vista.

Fonte: http://www.esbocandoideias.com/

Anúncios